era assim o início

Em tempos, iniciei um blogue que acabei por nunca publicar. Ficou-se pela intenção, com uma única mensagem preparada. Agora, que ouso novamente publicar-me, achei que deveria começar com o meu anterior início. Mesmo que esteja datado. assim, sempre fica caminho por trilhar até que este blogue fique a par com a actualidade.

«Metamorfose

eis como parece a impressão de um manuscrito original. são pouco mais de 73 mil palavras, a ocupar 255 páginas. por enquanto, este é um livro apenas na vontade de o ser. está ali a olhar, como casulo opaco e disforme, para o outro, livro-borboleta formado, que já conseguiu voar até às mãos de leitores. a esperança da metamorfose vai seguir em envelope grosso e carimbo de correio. talvez ao longo deste percurso agora iniciado, a traça que quer ser borboleta possa voltar a ser notícia. boa viagem e boa sorte, manuscrito!»

Anúncios

Sobre paulommorais

Escrevo romances, textos, fragmentos. Antes e depois da escrita, leio. Gasto muitas noites com filmes. Nos entretanto, divago sobre novas personagens com histórias por contar.
Esta entrada foi publicada em oráculo-morais com as etiquetas , , . ligação permanente.

comentar

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s