mãe-preciosa

tens altura de amor
montanha elevada até à lua;
tens longura de carinho
mar entrelaçado na terra;
tens feitio de conforto
palavra-abrigo da agrura;
tens tom de lápis-de-cor
riso docemente afiado.

tens asas de bichinho bom
alegre a esvoaçar pelo ar
rumo definido à face querida
de quem nasceu tua filha.

tens nome, curto e comum
cinzelado a terna picareta
num troço do minério inexaurível
que te moldou em mãe-preciosa.

Anúncios

Sobre paulommorais

Escrevo romances, textos, fragmentos. Antes e depois da escrita, leio. Gasto muitas noites com filmes. Nos entretanto, divago sobre novas personagens com histórias por contar.
Esta entrada foi publicada em poesia-descartável com as etiquetas . ligação permanente.

2 respostas a mãe-preciosa

  1. Bia diz:

    Acho que toda mãe gostava de receber um lindo poema assim.Não são precisas joias quando se tem uma pérola preciosa,não é verdade???

  2. pmdemorais diz:

    sim, as mães, sejam elas quantas e de que tipologia forem, são de valor incalculável.

comentar

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s