“Os Maias” [livros do Revolução Paraíso]

«- Quero que vejas isto antes de te encafuares no escritório – disse o diretor, abrindo com volúpia o maço de papel pousado em cima da mesa comunitária. – Olha… É amarelo-canário, caro César. Agora sim, teremos a verdadeira Revista de Portugal. Tu como João da Ega e eu como Carlos da Maia. Eu tinha idade e estatuto para ser o Afonso, mas a minha jovialidade equivale-se mais ao Carlos… Diz lá se este papel não é chique a valer, hem?»

eca-queiroz_osmaias

Anúncios

Sobre paulommorais

Escrevo romances, textos, fragmentos. Antes e depois da escrita, leio. Gasto muitas noites com filmes. Nos entretanto, divago sobre novas personagens com histórias por contar.
Esta entrada foi publicada em histórias-livrescas com as etiquetas , , . ligação permanente.

comentar

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s