no próximo passeio campestre levar uma mulher em vez de um livro.

dh-lawrence1

«- Gosta do seu físico? – perguntou ele.
– Adoro!
E lembrou-se mais uma vez da frase: «É o mais bonito rabo de mulher do mundo.»
– Mas isso é realmente extraordinário, porque não se pode negar que é um embaraço. Acho que, para a mulher, a vida do espírito não é um prazer supremo.
– Prazer supremo? – repetiu ela, olhando para ele. – O supremo prazer da vida do espírito é essa idiotisse? Não, obrigado. Eu quero o corpo. Acredito que a vida do corpo é uma realidade superior à vida do espírito, quando o corpo está realmente desperto para a vida. Mas a maioria das pessoas são como a sua famosa máquina, têm o espírito unido a um cadáver.»

D. H. LAWRENCE

O Amante de Lady Chatterly

Anúncios

Sobre paulommorais

Escrevo romances, textos, fragmentos. Antes e depois da escrita, leio. Gasto muitas noites com filmes. Nos entretanto, divago sobre novas personagens com histórias por contar.
Esta entrada foi publicada em literatura-citada com as etiquetas , . ligação permanente.

comentar

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s