«Revolução Paraíso» no balanço de 2013

jornal-de-letras22-01-2014Miguel Real, escritor, crítico, historiador da literatura portuguesa, publicou no Jornal de Letras um balanço sobre o romance português em 2013. Uma lista deste tipo é sempre, logo à partida, um conjunto de inclusões e exclusões, de livros descobertos e de livros que passaram ao lado, de justiças e injustiças se é que esse conceito objectivo se pode aplicar à literatura. Para mim, o facto de o Revolução Paraíso aparecer citado no artigo representa, acima de tudo, a satisfação de ter sido lido. Mais do que tudo o resto, um livro carece de leitores. E é por isso que fico contente de ter “conhecido” mais um leitor, este chamado Miguel Real.

(…) De destacar, igualmente, nas estreias, a agilidade sintática do frasear urbano pertinente a este novo século trazido pelos livros de Hugo Gonçalves, Enquanto Lisboa Arde, o Rio de Janeiro pega Fogo, Paulo M. Morais, Revolução Paraíso, Pedro Sena-Lino, Despaís, e Filipe Homem Fonseca, Se não podes Juntar-te a Eles, Vence-os. (…)
Miguel Real em Jornal de Letras (22.01.2014)

Anúncios

Sobre paulommorais

Escrevo romances, textos, fragmentos. Antes e depois da escrita, leio. Gasto muitas noites com filmes. Nos entretanto, divago sobre novas personagens com histórias por contar.
Esta entrada foi publicada em histórias-livrescas com as etiquetas , , , . ligação permanente.

comentar

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s