«calvary» [2014], de John Michael McDonagh

– Era um homem bom? O seu marido?
– Sim. Ele era um homem bom. Tivemos uma vida comum muito boa. Amámo-nos muito um ao outro. E agora… ele partiu. E isso não é injusto. Isso é apenas o que aconteceu. Mas muitas pessoas não vivem boas vidas. Elas não sentem amor. Isso é que é injusto.

Calvary

Anúncios

Sobre paulommorais

Escrevo romances, textos, fragmentos. Antes e depois da escrita, leio. Gasto muitas noites com filmes. Nos entretanto, divago sobre novas personagens com histórias por contar.
Esta entrada foi publicada em cinema-falado com as etiquetas , , . ligação permanente.

comentar

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s