Filomena Marona Beja em «Betânia»

filomena-marona-beja1Acendeu o primeiro cigarro do dia, saboreou-o. Todas as manhãs, reprimia a vontade de fumar e isso custava-lhe cada vez mais. Ficava num estado em que lhe parecia nada valer a pena, nem desenhar. Não aguentava, fumava pela única razão de querer mesmo fumar.
Ninguém dava por aquele desespero de Marta, ela sempre evitou expor o que desejava.

Anúncios

Sobre paulommorais

Escrevo romances, textos, fragmentos. Antes e depois da escrita, leio. Gasto muitas noites com filmes. Nos entretanto, divago sobre novas personagens com histórias por contar.
Esta entrada foi publicada em literatura-citada com as etiquetas , , . ligação permanente.

comentar

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s